Ligue agora

Exames

SCL-70
Material de Coleta:
1 mL de soro.
Preparo do paciente:
Jejum de 8 horas.
Descrição do Exame:
DNA Topoisomerase I
Anti Escleroderma
Anti SCL70
Método:
Hemaglutinação..
Consevação:
Refrigerado entre 4 a 8°C: 7 dias.
Congelado a -20°C: 30 dias.
Interferentes:
Hemólise e/ou lipemias acentuada.
Valor de Referência:
Negativo.
Interpretação:
Os anticorpos anti-SCL-70 são voltados contra a enzima DNA topoisomerase I e sua presença é considerada um marcador da esclerose sistêmica/ escleroderma, razão pela qual o exame tem utilidade no diagnóstico dessa doença. Os anticorpos são detectados em cerca de 20% a 30% dos pacientes, sobretudo naqueles com a forma difusa. Entretanto, a identificação do anti-SCL-70 não descarta a existência simultânea de outra condição auto-imune, a exemplo do lúpus eritematoso sistêmico e da síndrome de Sjögren. A presença de tais anticorpos está associada a envolvimento visceral mais proeminente, especialmente de pulmões e coração.
Setor:
Imunologia
Download da versão PDF
SÓDIO
Material de Coleta:
1,0 mL de soro.
Preparo do paciente:
Jejum não obrigatório.
Descrição do Exame:
Sódio no soro.
Na.
Natremia.
Método:
Eletrodo íon seletivo..
Consevação:
Refrigerado entre 2 a 8°C: 7 dias.
Interferentes:
Hemólise
Valor de Referência:
De 134,0 a 146,0 mEq/L.
Interpretação:
O sódio sob forma ionizada, é um dos principais fatores de regulação osmótica do sangue, plasma, fluidos intercelulares e do equilíbrio ácido-base. É essencial à motilidade e à excitabilidade muscular e na distribuição orgânica de água e volume sangüíneo.
A hipernatremia ocorre na desidratação hipertônica, no diabetes insipidus e em comas hiperosmolares, entre outras situações.
A hiponatremia pode se manifestar na síndrome nefrótica, na insuficiência cardíaca, na desidratação hipotônica, na secreção inapropriada de hormônio antidiurético e em nefropatias com perda de sódio.
Setor:
Bioquímica
Download da versão PDF
SUBSTÂNCIAS REDUTORAS NAS FEZES
Material de Coleta:
Fezes recentes (sem conservantes)
Preparo do paciente:
Evitar a contaminação com a urina.
para evitar a contaminação do material. Em casos de crianças utilizar
coletor de urina, se necessário.
Evitar o uso de talco, laxantes, antiácidos, contraste oral (utilizado em exames radiológicos) e supositórios nos 3 dias que antecedem ao exame e no dia da coleta.
Descrição do Exame:
Corpos redutores nas fezes
Substaâncias redutoras
Método:
Colorimetrico ( reação de Benedict).
Consevação:
Refrigerada 2 a 8° C : até 24 horas.
Temperatura ambiente: 2 horas
Interferentes:
Talco,laxantes,antiácidos,contrate oral e supositórios.
Valor de Referência:
Negativo.
Interpretação:
Os açúcares não absorvidos na porção alta do intestino delgado são detectados como corpos redutores nas fezes. Trata-se de um teste de triagem cuja positividade denota a deficiência de dissacaridases(sacarose, lactose, maltose), diferenciando diarréia secretora de osmótica (secundária a intolerância aos carboidratos). Fermentação bacteriana pode levar a falso-positivos
Setor:
Parasitologia.
Download da versão PDF
Matriz
Av. Nove de Julho, 1451
Tel: (16) 3515-4500 | WhatsApp: (16) 9 9159-7247
2ª a 6ª, das 6h às 18h30 | Sábado, das 6h às 13h
Behring / Núcleus
Av. Nove de Julho, 1410
Tel: (16) 3516-0100
2ª a 6ª, das 7h às 17h | Sábado, das 7h às 12h
Centro Médico RibeirãoShopping
Av. Cel. Fernando F. Leite, 1540 - sala​s​ 24 e 25
Tel: (16) 3515​-4550
2ª a 6ª, das 7h às 20h | Sábado, das 7h às 16h
Responsável Técnico: Dra. Maria das Graças Elias de Assis - CRF 8713-SP