Ligue agora

Por que os exames de triagem neonatal são tão importantes?

Os recém-nascidos devem fazer quatro importantes testes ainda na maternidade

Existem quatro exames que todo bebê que nasce no Brasil tem o direito de fazer ainda na maternidade e que são muito importantes para sua saúde.

Eles ajudam a identificar, precocemente, algumasdoenças e a prevenir futuras sequelas. Conheça os exames e quais são as funções de cada um.
 

Teste do Pezinho (triagem metabólica)
O teste do pezinho é uma das principais formas de diagnosticar doenças metabólicas, genéticas e infecciosas que, quanto mais cedo forem identificadas, melhores são as chances de tratamento e menores as complicações como atrasos neuropsicomotores e mentais. São elas: fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito, doença falciforme e outras hemoglobinopatias, fibrose cística, deficiência de biotinidase e hiperplasia adrenal congênita.

Desde 2001 é obrigatório em todo o Brasil. O exame é realizado, preferencialmente, entre o 3º e o 5º dia de vida, com apenas uma gota de sangue retirada do calcanhar do bebê, região rica em vasos sanguíneos.

É rápido, pouco invasivo e até bem menos incômodo do que a coleta com seringa em uma veia no bracinho.
 

Teste do Olhinho (triagem visual)
É um exame simples, rápido e indolor, que consiste na identificação de um reflexo vermelho, que aparece quando um feixe de luz ilumina o olho do bebê.

Ele permite detectar alterações que causem obstrução no eixo visual, como catarata, glaucoma congênito e outros problemas – cuja identificação precoce pode possibilitar o tratamento no tempo certo e o desenvolvimento normal da visão.

A recomendação é que o Teste do Olhinho seja feito pelo pediatra logo que o bebê nasce. Se isto não ocorrer, o exame deve ser feito logo na primeira consulta de acompanhamento. Depois disto, continua sendo importante, nas consultas regulares de avaliação da criança, com a periodicidade definida pelo médico.
 

Teste da Orelhinha (triagem auditiva)
A triagem neonatal auditiva ou teste da orelhinha é realizado, geralmente, no segundo ou terceiro dia de vida do bebê e identifica problemas auditivos no recém-nascido. Desde 2010 é determinado por lei que nenhuma criança saia da maternidade sem ter feito o teste, que é gratuito.

O exame é feito com o bebê dormindo, em sono natural, é indolor e não machuca, não precisa de picadas ou sangue do bebê, não tem contraindicações e dura em torno de 10 minutos. O médico utiliza um aparelho que emite ondas sonoras e analisa a resposta do ouvido a esse estímulo.

A perda da audição pode provocar dificuldade na fala e no aprendizado. Mas, quando o tratamento tem início antes dos seis meses, as crianças podem desenvolver a linguagem e apresentar melhor adaptação psicossocial.
 

Teste do Coraçãozinho (exame de oximetria de pulso)
O teste do coraçãozinho é realizado para ajudar a detectar algum tipo de cardiopatia congênita, ou seja, anormalidades na estrutura ou função do coração.

Deve ser realizado ainda na maternidade, entre 24h e 48h após o nascimento. O teste é simples, gratuito e indolor. Consiste em medir a oxigenação do sangue e os batimentos cardíacos do recém-nascido com o auxílio de um oxímetro - espécie de pulseirinha - no pulso e no pé do bebê. Caso algum problema seja detectado, o bebê é encaminhado para fazer um ecocardiograma. Se alterado, é encaminhado para um centro de referência em cardiopatia para tratamento.

Problemas no coração são a terceira maior causa de morte em recém-nascidos. Por isso, quanto mais cedo for diagnosticado, melhores são as chances do tratamento.

Matriz
Av. Nove de Julho, 1451
Tel: (16) 3515-4500 - (16) 3516-4500
WhatsApp: (16) 9 9159-7247
2ª a 6ª, das 6h às 18h30 | Sábado, das 6h às 13h
Behring / Nucleus
Av. Nove de Julho, 1410
Tel: (16) 3516-0100
2ª a 6ª, das 7h às 17h | Sábado, das 7h às 12h
Centro Médico RibeirãoShopping
Av. Cel. Fernando F. Leite, 1540 - sala​s​ 24 e 25
Tel: (16) 3515-4550
2ª a 6ª, das 7h às 20h | Sábado, das 7h às 16h
Responsável Técnico: Dra. Maria das Graças Elias de Assis - CRF 8713-SP
Laboratorio Behring de Analises Clinicas Ltda.