Ligue agora

Inverno: estação de maior incidência de influenza.

Devido ao frio e à baixa umidade do ar, o inverno é a estação de maior incidência de casos de influenza. Com a pandemia de covid-19, houve uma diminuição dos índices da doença. Porém, neste período, é preciso reforçar as medidas de prevenção contra a gripe, que é um problema de saúde pública.

Os protocolos de segurança contra o novo coronavírus, como o uso obrigatório de máscara, distanciamento social e outras restrições, além de diminuir a taxa de transmissão da gripe em todo o mundo, causaram a extinção de um dos subtipos do H3N2. O mesmo pode ter acontecido com o vírus influenza B, também conhecido como B/Yamagata.

Estimativas apontam que, anualmente, há 1 bilhão de pessoas infectadas pelos vírus influenza no mundo. De 3 milhões a 5 milhões apresentam casos graves da doença. Devido ao alto potencial de transmissão, é capaz de causar epidemias em anos consecutivos. Além disso, suas altas taxas de mutação colaboram para o surgimento de novas variantes.
 

Influenza

O Myxovirus influenzae é o agente etiológico da gripe. Os vírus da influenza são subdivididos em tipos A, B e C e consistem em partículas envelopadas de RNA de fita simples segmentada. A transmissão da influenza é feita por meio de partículas contaminadas, que são expelidas e espalhadas ao espirar, conversar ou tossir. Tem um baixo período de incubação, que varia de 1 a 4 dias.
 

Sintomas:

- Febre alta é o principal sintoma, que pode durar cerca de três dias;
- Mialgia;
- Dor de garganta;
- Prostração;
- Calafrios;
- Dor de cabeça;
- Tosse seca.

Em casos graves, podem ocorrer complicações, como:
- Pneumonia;
- Dispneia;
- Cianose;
- Expectoração contendo sangue;
- Miosite;
- Miocardite;
-Síndrome de Reye.

Diagnóstico:

A principal dificuldade de diagnosticar a doença é a semelhança entre os sintomas gripais e de resfriado, que é causado por inúmeros vírus, como vírus sincicial respiratório, o adenovírus, o parainfluenza e o rinovírus.

Para detectar e identificar a doença, os ensaios moleculares são metodologia útil eficiente. Desse modo, o diagnóstico molecular do vírus influenza por meio da transcrição reversa, seguida por PCR em tempo real (RT-qPCR), além de ser ferramenta importante para o monitoramento epidemiológico, é considerada metodologia padrão-ouro.

Com a metodologia molecular é possível diagnosticar a influenza mesmo sem a presença de sintomas. Por isso, o método pode ser usado na fase inicial de infecção.

O diagnóstico precoce da doença é de extrema importância para agilizar seu tratamento e evitar as complicações que a influenza pode acarretar. Para isso, existem os exames laboratoriais que detectam os vírus: teste de imunofluorescência, cultura viral, teste de ácido nucleico e teste rápido, para detecção de antígenos.

Vacina

A principal medida de prevenção contra a influenza é a vacina. Segura e eficaz, evita casos graves e óbitos decorrentes da doença. Pessoas do grupo de risco devem ser imunizadas, preferencialmente, antes da chegada do inverno, visto que o organismo demora cerca de duas a três semanas para criar os anticorpos que protegem o organismo contra a gripe.

O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece vacina contra a gripe, prevenindo, assim, contra os três tipos de vírus influenza.

Fontes:
https://kasvi.com.br/influenza-infeccao-respiratoria-inverno/?utm_campaign=email&utm_content=gripe&utm_medium=clt&utm_source=gripe

https://portalarquivos.saude.gov.br/campanhas/vivamaissus/influenza_interna.html

http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-62232010000100027&lng=pt&nrm=is&tlng=pt

Matriz
Av. Nove de Julho, 1451
Tel: (16) 3515-4500 - (16) 3516-4500
WhatsApp: (16) 9 9159-7247
2ª a 6ª, das 6h às 18h30 | Sábado, das 6h às 13h
Behring / Nucleus
Av. Nove de Julho, 1410
Tel: (16) 3516-0100
2ª a 6ª, das 7h às 17h | Sábado, das 7h às 12h
Centro Médico RibeirãoShopping
Av. Cel. Fernando F. Leite, 1540 - sala​s​ 24 e 25
Tel: (16) 3515-4550
2ª a 6ª, das 7h às 20h | Sábado, das 7h às 16h
Responsável Técnico: Dra. Maria das Graças Elias de Assis - CRF 8713-SP
Laboratorio Behring de Analises Clinicas Ltda.